top of page
Buscar
  • Foto do escritorDouglas Melo

Projeto de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA)

Você sabe o que é um projeto de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA)? Esse é um conjunto de equipamentos e dispositivos que tem como objetivo captar e conduzir os raios para o solo, evitando danos às estruturas, aos equipamentos e às pessoas que estão dentro de uma edificação. Um projeto de SPDA deve seguir as normas técnicas da ABNT, como a NBR 5419, que estabelece os critérios para a proteção de estruturas contra os efeitos das descargas atmosféricas. Além disso, um projeto de SPDA deve levar em conta as características da edificação, como o tipo de construção, a altura, a área, a localização e o nível de exposição ao risco.


Existem diferentes tipos de SPDA, que podem ser classificados em dois grupos: os métodos convencionais e os métodos não convencionais. Os métodos convencionais são aqueles que utilizam elementos metálicos para captar e conduzir os raios, como mastros, captores, cabos e hastes. Os métodos não convencionais são aqueles que utilizam dispositivos eletrônicos para gerar um campo elétrico que atrai e neutraliza os raios, como os chamados para-raios com dispositivo de ionização (PDI).


Dentre os métodos convencionais, os mais utilizados são o método da ponta Franklin, o método da gaiola de Faraday e o método da esfera rolante. O método da ponta Franklin consiste na instalação de um ou mais mastros com captores no ponto mais alto da edificação, de forma que todo o volume a ser protegido fique dentro de uma zona espacial de proteção do sistema. O método da gaiola de Faraday consiste na instalação de uma malha metálica sobre a cobertura e nas laterais da edificação, formando uma espécie de gaiola que envolve toda a estrutura. O método da esfera rolante consiste na aplicação de uma esfera fictícia sobre a edificação, de forma que todos os pontos tocados pela esfera sejam protegidos por captores.


Um projeto de SPDA deve ser elaborado por um profissional habilitado e qualificado, que possa dimensionar corretamente o sistema e garantir a sua eficiência e segurança. Além disso, um projeto de SPDA deve ser acompanhado de um laudo técnico e de um termo de responsabilidade, que atestem o cumprimento das normas e das boas práticas. Um projeto de SPDA também deve prever a realização de inspeções periódicas e manutenções preventivas no sistema, para verificar o seu funcionamento e evitar falhas.


Um projeto de SPDA é essencial para proteger as edificações contra os riscos das descargas atmosféricas, que podem causar incêndios, explosões, choques elétricos e até mesmo mortes. Por isso, é importante contar com uma empresa especializada e experiente no assunto, que possa oferecer soluções adequadas e personalizadas para cada caso. Se você precisa de um projeto de SPDA para a sua edificação, entre em contato conosco e solicite um orçamento sem compromisso.

```

```

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page